Série Diário do Síndico na Pandemia : Síndico Profissional Aldo Busuletti

Compartilhe:

 O Síndico Profissional Aldo Busuletti sempre foi para nós do Jornal Folha Condomínios um grande ícone da Sindicatura do Brasil (Sindicatura ou Sindicância?).

Ele já recebeu vários alunos do Curso de Síndico Profissional da Brbrasis para conhecer o seu trabalho, foi extremamente gentil com os associados do Clube Síndico Profissional, atencioso com os demais profissionais que conheceu durante os debates, eventos e atividades da agência Brbrasis e do Jornal Folha Condomínios. Em resumo um profissional de excelência sempre pronto para compartilhar conhecimentos.

Foto: Reportagem Estado de São Paulo/ Aldo Busuletti

Aldo é responsável pela Busuletti – Síndicos & Associados Serviços de Gestão, consultoria e administrativos. São mais de 60 condomínios atendidos nas cidades de São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André, São Caetano do Sul, Praia Grande, Jundiaí, Santos e Bertioga. São simplesmente 25 anos de história na sindicatura. (ou sindicância). Isso mesmo quase 3 décadas de trabalho com condomínios.

Hoje temos a honra de mais uma vez receber o Síndico Profissional Aldo Busulletti na Série Diário do Síndico na PandemiaJornal Síndico Profissional parceria Jornal Folha Condomínios.

Segue abaixo o relato de um dos profissionais que está à frente de mais de 60 condomínios em São Paulo. E juntamente com sua equipe precisa cuidar da gestão com toda excelência possível

“Aldo Busuletti: Dica para uma gestão consciente neste momento.

Manter a limpeza extrema e a higiênica nos empreendimentos em todas as áreas todos devemos seguir a risca com toda certeza.

Quero comentar com os leitores do Folha Condomínios  alguns pontos administrativos:

O síndico neste momento deve estar muito bem informado para exercer a sua função com serenidade e conhecimento. Importante estar atento ao que os condôminos confinados necessitam. Não se deixar levar pelas opiniões e posição de muitos e sim seguir sua linha comando.

O condomínio segue uma vida onde apesar do confinamento todas as manutenções devem ser mantidas, elevador, bombas de água, portaria e limpeza intensificada, alem de outras necessidades.

Instruir os funcionários para que os mesmos trabalhem com segurança, mas o importante é que eles trabalhem sem medo das condições em que estão expostos.

Não permitir reformas e serviços que não seja urgentes, muitos sofreram essa pressão mas não deve ceder, pois a leis estão a nosso  favor.

 

Procurar negociar os contratos vigentes, mas lembrando que em nossas mãos estão diversas pessoas que dependem do emprego e sustentar suas famílias e isto esta em nossas mãos.

Muitos empregos diretos e indiretos. Muitos conselheiros irão solicitar a despensa de varias pessoas temos que ser criteriosos.

Outra situação estão pedindo a isenção do condomínio ou abatimento na cota, muito importante lembrar que essa decisão depende da situação financeira do condomínio e como será fazer a gestão co escassez de recurso.

Outra questão isso só poderá ser deliberado em assembleia que poderá ser feita on line neste momento. Antes de tomas qualquer atitude tenha precações triplicadas , pois lembre- se o síndico é responsável civil e criminal e pode responder por  erros administrativos.” – Dica do Síndico Profissional Aldo Busuletti de São Paulo.

Deixe seu comentário e suas observações para trocar com o síndico convidado. Seja bem vindo, caro leitor!

 

 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *